quarta-feira, 30 de março de 2016

Impeachment Doido - Juridiquês da Oposição é Hilário

"Post Factum" ( FATO POSTERIOR IRRELEVANTE )


http://www.bahiapolitica.com.br/impeachment-wadih-damous-diz-que-juristas-tentam-o-golpe/Perguntado aos juristas se era cabível atribuir-se CRIME DE RESPONSABILIDADE nas contas dos anos 2014, 2015, 2016, mesmo sem o parecer do TCU e ainda sem o julgamento do Congresso, foi respondido que tendo havido o ato, pouco importa as avaliações posteriores que seriam meras constatações do crime.

Mas...  se não for constatado, nem pelo TCU (em parecer) e nem pelo Congresso (julgamento)????  Como fica?


Então aplica-se a pena antes do julgamento????

Se João é acusado de matar Maria, é lógico que a investigação e o julgamento - posterior - não mudará o crime.  Mas se a investigação constatar que João estava em outro país no dia do suposto crime e que Maria está viva???   

Melhor evitar o ridículo de condenar antes de investigar e de julgar.  Juiz Moro está fazendo escola!

Quando alguém quer colocar o carro na frente dos bois, se assemelha a um "LINCHADOR".  Que quando ouve "pega", "mata",  "é ladrão", se apressa a bater e a cooperar com a morte daquele que desconhece e sobre fatos de acabou de ouvir e que podem ser totalmente falsos.


linchar
verbotransitivo direto
  1. executar sumariamente, sem julgamento regular e por decisão coletiva (criminoso ou alguém suspeito de sê-lo).

Um ignorante pode fazer isso, mas alguém que se diz Jurista, como o Professor Miguel Reale Júnior...

Que vergonha, como se pode descer tanto!


Globo noticiou: ‘Comício político’

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2016/03/30/petista-diz-que-juristas-promoveram-comicio-politico-na-comissao-do-impeachment.htmPrimeiro deputado do PT a falar depois da exposição dos autores do pedido de impeachment, o deputado Wadih Damous (PT-OAB), ex-presidente da OAB no Rio de Janeiro, disse que Janaína Paschoal e Miguel Reale Júnior não souberam usar argumentos técnicos para defender o afastamento de Dilma. Para o petista, os dois fizeram um “comício”.

“Muito mais do que uma defesa jurídica, fizeram uma agitação política. O que se viu aqui foi um comício político. Os dois não definiram o que é operação de crédito. Operação de crédito não é adimplemento de obrigações sociais. Eles misturaram diversos conceitos jurídicos. Trata-se, sim, de um golpe”, sustentou o petista.


By Mico-Leão-Dourado
//Luiz CarlosTollstadius

Nenhum comentário: