sábado, 11 de fevereiro de 2017

INTERVENÇÃO MILITAR? PREPARE-SE ELA VEM AÍ!



Se vc imagina q os EUA Não jogam suas fichas 
nas forças armadas nesse momento... 
É INGÊNUO DEMAIS,😎 
CHEGO CRER Q SEJAS 1 TRAIDOR!

==============================
FAÇAM COMO EU: PAREM DE ATACAR O MILITARES!
============================================
Míriam M. Morais - 12 h: "Se as FAs quisessem ajudar teriam feito isso antes do golpe."
Quem sabia que Lula tinha encontrado o PSB antes de Aldo Rebelo trocar de partido? Poucos, e a maioria não aliou as duas coisas e comprou a ideia de traição de Aldo... melhor ter cautela antes de sair atacando - questões sobre as quais Lula não se pronunciou. 
Se não fosse - importante - parar de atacar, Aragão não teria DITO:
As FAs não seriam um risco como em outros tempos!
NÃO VAMOS ATACAR AQUELES QUE PODEM NOS AJUDAR.
Na dúvida, não ultrapasse. E mesmo se não tiver dúvida, PARE. Ninguém tem domínio dessa zona para ter certezas.
Se a gente puder não atrapalhar já está de bom tamanho.
Lula está em silêncio, Dilma idem, Dirceu idem.
A gente sabe que eles estão trabalhando, e se não falaram ainda é porque não chegou o momento.
========================================
Primeira coisa é entender que o General Mourão apesar de ter grande representatividade junto aos coxinhas, não faz o mesmo sucesso dentro das forças armadas. Muita gente das FAs pensa sim como ele, em muitas coisas, mas não concorda com tudo que ele pensa. E há aqueles militares que pensam totalmente diferente dele, e parece que é a maioria, Então...
A DUPLA "MM" dos EUA - antinacionalista - não são os ídolos das FAs, que aliás nem ídolos tem.
POR CAUTELA E RESPEITO - FAÇAM COMO MICO - PAREM DE ATACAR AS FAs E OS COMPAS QUE ENXERGARAM TUDO ISSO PRIMEIRO. A ESSES COMPAS PEÇO MINHAS SINCERAS... DESCULPAS!

Exclusivo: 

Aldo Rebelo fala de PC do B, PSB e eleições indiretas com Rodrigo Maia




INTERVENÇÃO MILITAR? PREPARE-SE ELA VEM AÍ!

O general do Exército Antônio Hamilton Mourão afirmou:
 “Ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso”

Assistir Quando 
Começa - em 05:30


==============================================================

Prepare-se

"O general do Exército Antônio Hamilton Mourão afirmou em palestra promovida pela maçonaria em Brasília na sexta-feira (15) que seus "companheiros do Alto Comando do Exército" entendem que uma "intervenção militar" poderá ser adotada se o Judiciário "não solucionar o problema político".



Mourão disse que poderá chegar um momento em que os militares terão que "impor isso", e que essa "imposição não será fácil"; segundo ele, seus "companheiros" do Alto Comando do Exército avaliam que ainda não é o momento para a ação, mas ela poderá ocorrer após "aproximações sucessivas".     [Brasil247]
====================================

AVISO - ATENÇÃO 
- CUIDADO!
Não é o Momento Certo!!!!
====================
15.000.000 de desempregados
correspondente a 60 milhões de miseráveis no país.


NÃO TENTEM APROFUNDAMENTO DO GOLPE
OU A INTERVENÇÃO MILITAR
NUM MOMENTO ASSIM - MELHOR NÃO!!
 ============================
A Sociologia e a História demonstram que
quando existe grande contingente de ociosos, 
famintos, excluídos, marginais... 
esses transformam-se num barril de pólvora 
SOMENTE ESPERANDO A FAÍSCA!
Aí sim, vai dar Merda, Vai virar o Caos
Tipo REVOLUÇÃO FRANCESA
Eu avisei!!!!! 
 😨😨😨😨😨😨😨😨😨😨😨

Há quem não acredite nisso - acima - nesse "Barril de Pólvora" formado pelos "excluídos".  Creem esses teóricos ser mais que possível, perfeitamente possível, que essa multidão se comporte como Gado Manso e Pacífico, como na música "Vida de Gado".

Que essa imensa parcela da população, 100 milhões, quase a metade da população, vá se conformar e retornar ao patamar inferior de fome e miséria do qual saiu.  Mesmo que já tenham provado do "consumo" e algumas das suas alegrias. Acreditam que os excluídos se resignarão em retornar de onde vieram, e que não se organizarão para reconquistar o que perderam.

De acordo com esse Planejado: será natural que o Brasil "funcione apenas para 120 milhões de brasileiros. Os 100 milhões restantes vão ter que buscar sobreviver de bicos, esmolas e participação em gangs, quadrilhas e tráfico de armas e drogas."  

Esses 100 Milhões de excluídos terão renda menor que os 6 maiores bilionários do país: Jorge Paulo Lemann (AB Inbev), Joseph Safra (Banco Safra), Marcel Hermmann Telles (AB Inbev), Carlos Alberto Sicupira (AB Inbev), Eduardo Saverin (Facebook) e Ermirio Pereira de Moraes (Grupo Votorantim) 
(Verifique Aqui)

Veja Mais No Artigo Abaixo:
http://www.tribunadaimprensasindical.com/p/politica.html

http://www.tribunadaimprensasindical.com/2017/09/estamos-ja-em-plena-ditadura-civil-rumo.html
====================================
777777777777777777777777777777777777777777777

Não se trata de satanizar Militares, Juízes ou Procuradores... Só que eles devem se ater as suas funções!🤔🤗

===============================
E agora José?

CHEFE DO EXÉRCITO DESCARTA PUNIÇÃO A MOURÃO E ADMITE INTERVENÇÃO CONTRA O CAOS


Comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas
disse que o general Antonio Hamilton Mourão
que admitiu a possibilidade de uma intervenção militar no país, em função da crise institucional e política, 
não será punido!

O comandante também declarou que a possibilidade de uma intervenção "ocorre permanentemente" e que:
  
"as Forças Armadas têm mandato para fazer 
[uma intervenção militar] na iminência de um caos"

(afirmação segue a linha do discurso defendido por Mourão, que disse que o Exército tem "planejamentos muito bem feitos" sobre o assunto).

Declaração também desautoriza o ministro da Defesa
Raul Jungmann, que havia pedido explicações e cobrado "medidas cabíveis a serem tomadas" contra Mourão.

Fonte:
https://www.brasil247.com

"O golpe civil fracassou. Pode vir aí o golpe militar. Foi o que deu a entender o general de Exército Antônio Hamilton Mourão, em palestra em evento da Maçonaria, em Brasília, no último dia 15. Parece que, à exceção do PT, que emitiu uma dura Nota sobre o assunto, e de alguns outros partidos e forças progressistas, está todo mundo achando normal que as Forças Armadas voltem a falar abertamente em intervenção militar no país", analisa o sociólogo e colunista do 247 Marcelo Zero; "O golpe tornou a democracia um luxo desnecessário e a soberania nacional um estorvo jurássico. No campo social, estamos voltando à República Velha. No campo político, há agora a ameaça explícita de voltarmos a 1964. Será que teremos um novo general Mourão na nossa história? O último general Mourão resultou numa ditadura de 21 anos. E segundo Murphy, o da lei, as coisas sempre podem piorar"

Leia Tudo:
https://www.brasil247.com/pt/colunistas/marcelozero/318303/Golpe-de-Civil-a-Militar.htm

===================================



General Heleno comandante das tropas no Haiti soltou nota apoiando o General Mourão, as postagens sobre a palestra proferida na maçonaria tem 95% de apoio das FA!

General Villas Bôas disse ontem no programa do Bial que não punirá o General Mourão!!!

Quanta falta faz ao Brasil não ter feito como a Argentina, Uruguai e Chile punindo os ditadores e mostrado a verdade aos brasileiros!!

Os militares nunca aceitaram a CNV que jogou luz sobre aquele passado tão sofrido e deixando a mostra os abusos e crimes cometidos!!!

Gal Mourão é um adorador de Bolsonaro e é nesse meio que se forma a grande massa de ignorantes que pede a "intervenção militar constitucional"....

Gal Mourão foi afastado em 2015 do comando militar do Sul por homenagear o coronel Brilhante Ulstra no aniversário de morte do militar e no dia da cassacão de Dilma foi da mesma forma que Bolsonaro se manifestou: 
"em homenagem ao coronel Brilhante Ulstra o pavor de Dilma Rousseff".....
TODO CUIDADO É POUCO!!!! 😉😉😉😉😉









O que o Brasil precisa é recuperar o processo democrático rompido com o golpe do impeachment; precisa de eleições diretas com a participação de todas as forças políticas, e não retornar a um passado sombrio que tanto custou superar.
Gleisi Hoffmann
Presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores
========================================================

Lula ou Intervenção Militar?????
QUAL DOS DOIS VOCÊ PREFERE?

Quem é contra o PT, contra Dilma e Contra Lula, claro que prefere a intervenção militar.  


E com esse desgoverno do Vampiro-mordomo cheio de aberrações, trio judiciário-legislativo-executivo desmoralizado...
  
Bom, dá até para se pensar em fechamento do congresso, num golpe militar.  Mas convenhamos, ninguém quer mesmo a volta da ditadura, ainda que não exista atualmente uma verdadeira democracia.

Mas mesmo que uma parcela considerável da população (reacionária) acredite que a volta dos militares ao poder seja uma solução, os atuais poderes legalmente constituídos não vão querer entregar a rapadura. 


Daqui para frente os 3 poderes vão - obrigatoriamente - buscar coesão.  Por uma questão de preservação, de sobrevivência, os três poderes terão que abandonar toda essa irresponsabilidade, toda essa esculhambação e parar com os ataques ao PT.   Isso mesmo, vão ser obrigados a entender que destruir o PT de Dilma e Lula é destruir toda a nação.

Na verdade, todo mundo já entendeu isso, mesmo o PSDB, mesmo o Judiciário, mesmo os coxinhas: só não tem coragem de admitir.  
Se bem que já tem muita gente fazendo o "mea-culpa" e concordando que exageraram na dose. Os discursos contra o PT, Lula e Dilma estão em queda livre.

Por não aceitar a vitória de Dilma nas últimas eleições, quase destruiram o País.  Foi só uma eleição perdida. Não precisa destruir tudo só porque o nosso candidato (deles) não ganhou.


Se esse pensamento tomar força e todo mundo for depondo suas armas contra o PT e aceitar uma eleição limpa e honesta em 2018, respeitando o resultado das urnas, o Brasil vai se recuperar, independente de quem vencer. 
  
O GRANDE PROBLEMA É A REDE GLOBO QUE NÃO QUER DESISTIR DE MASSACRAR O PT COM SUAS MENTIRAS.

A GLOBO PREFERE A VOLTA DA DITADURA!  

By Mico Leão
Tollstadius


=========================
Míriam M. Morais

9 h
Ainda procurando a lógica: 
1 - O general diz que se o judiciário não agir, eles vão entrar pra resolver a coisa. 
2 - Aí lembro que o PT já caiu. 
3 - Aí lembro que o judiciário já tá massacrando Lula e a esquerda e os Aécios é que tão de boa.
4 - Aí vejo gente acreditando que a ameaça é contra o PT que já caiu, e contra Lula e a esquerda que já tão na sola do sapato. 
5 - Aí a gente vê que do outro lado os golpistas ficam putos com a ameaça, pedem punição, uns começam a tentar comprar os caras, outros chamam no senado pra tomar satisfação...
6 - ... Mas na cabeça da esquerda a ameaça deles continua sendo ficar do lado dos golpistas, massacrar quem já tá massacrado e derrubar quem já tá caído.
Alguém de fato não tá pensando direito. Vai ver sou eu, mas eles bem que poderiam justificar os fatos, e não atacar quem enumera os pontos e apresenta os fios da meada que não combinam com as generalizações.

Joao Batista O golpe não seria contra a direita. Seria para tirar algumas pessoas desmoralizadas, esconder todo o resto, parar as investigações e garantir sem mácula o golpe de direita, dando legitimidade às ações da elite paulista e latifundiários, à jurisdição conservadora do Paraná... perseguir com violência os desafetos dessa proposta comandada pelos EUA. A esquerda seria a grande vitima novamente. Na fala do general ele enfatiza isso, "fizemos o melhor pelo Brasil e somos criticados". Quem critica o governo dos militares? Esses seriam os vilões novamente. Em várias ocasiões durante o processo de impeachment vários militares se posicionaram raivosos e pronto a irem para o enfrentamento matarem Dilma e petralhas.

GostoMostrar mais reações
Responder25 minEditado
Míriam M. Morais Tá, João Joao Batista, mas explica o porquê de os golpistas não estarem felizes com "a ajuda".

GostoMostrar mais reações
Responder
2
9 h
Gerir

Joao Batista A situação sairia do controle deles, mas sairia do controle de todos, também da esquerda. Seria dar um cheque em branco para os militares que pela fala do general "fizeram o melhor pelo Brasil e são criticados" se acha que fizeram o melhor não evoluíram e não consideram os erros, entregaram um Brasil miserável, com o crime organizado já mandando no RJ, as favelas em palafitas, as infraestruturas precárias, os latifundiários donos do Centro Oeste depois de matarem índios e posseiros, obras incompletas e superfaturadas, etc etc etc. Quem está tendo perdas somos os trabalhadores e são os trabalhadores que precisam reagir e não chamar o paizão armado.
=================================
"Você viu algum militar criticar a venda da Amazônia? 
Ou a condenação virtualmente à prisão perpétua pela Lava Jato do almirante que idealizou o programa nuclear brasileiro? 
Ou a assinatura, ontem, na calada da noite, pelo usurpador, do tratado que coloca nas mãos das grandes potências esse mesmo programa nuclear? 
Ou, ainda, as manobras conjuntas na Amazônia com o exército americano, algo inédito na nossa história, prévia a uma possível intervenção na Venezuela? 
Nada, nem mesmo de um reles sargento, quanto mais de um general. Do que reclamam é da "corrupção" e do "caos", dois tópicos favoritos do discurso reacionário.
 Portanto, até prova em contrário, não temos nada a esperar dos militares na luta pela democracia e contra o desmonte e precisamos nos livrar das ilusões nesse sentido."

R. Lins



(...)o general Villas Bôas deixou claro que, se o Planalto e o Congresso insistirem nessa irresponsável tentativa de inviabilizar a Lava Jato, a história vai se repetir no Brasil, e não será como farsa. Portanto, espera-se que o presidente Michel Temer tenha um mínimo de juízo(...)  

==========================================

General repreende senador: 

“O sr. chamou um integrante do Alto Comando do Exército de maluco?”

O senador Randolfe Rodrigues (Rede) usou a tribuna do senado para ofender um oficial de alta patente do Exército Brasileiro

As palavras de Randolfe, que estão gravadas no site do senado e no vídeo abaixo, foram: ” … a história se repete como farsa […] as declarações do general Mourão podem ser a opinião isolada de um “maluco”, mas a possibilidade de chantagem das Forças Armadas mostra a falta de autoridade do presidente Michel Temer …”
=======================================
=======================================
A resposta do General de Brigada 
Paulo Chagas foi imediata.
Leia abaixo -o email- que ele enviou ao senador:

Exmo Sr Senador Randolfe Rodrigues
Corrija-me, por favor, se eu estiver enganado, mas, de acordo com as minhas observações, baseadas na forma como VExa faz seus pronunciamentos públicos, o Sr faz parte de uma minoria que se julga discriminada no conjunto da sociedade e que, coerentemente, empenha-se pela aprovação de leis que privilegiem...

Há 4 meses, um capitão do exército mandou um recado para Temer: "Tome vergonha nessa cara ..."


Mais um general se pronuncia: "A esquerda derreteu o país e está em pânico. Tomem vergonha"


Entendam o motivo pelo qual o General Villas bôas chamou os intervencionistas de "malucos"

ANA CAÑAS FAZ O SHOW MAIS POLITIZADO DO ROCK IN RIO 
Ana Cañas canta o Bêbado e a Equilibrista 
em protesto contra General Mourão que 
prega a volta da ditadura militar no Brasil.

"Chora a nossa pátria mãe gentil.
Choram Marias e Clarices no solo do Brasil..."


assista ao vídeo - aqui:
https://goo.gl/PMLKwv

Pouca gente imaginaria que um dos shows de mais alto teor político do festival seria o de Ana Cañas e Hyldon. Mas foi exatamente o que aconteceu na tarde em que a cantora puxou protestos contra a decisão do juiz que autorizou tratamento psicológico para a homossexualidade, a declaração do general Mourão sobre a necessidade de uma intervenção militar no país... 



Wadih Damous: Generais tramam golpe nas barbas de um presidente desmoralizado




Nenhum comentário: