quinta-feira, 12 de maio de 2016

A BATALHA DA COMUNICAÇÃO FOI PERDIDA, MAS A GUERRA NÃO ACABOU!

PERDEMOS A BATALHA 
DA COMUNICAÇÃO MAS 
AINDA TEM MUITA LUTA! 

E agora josé?? 
Ou para os mais novos: 
O que fazer nesse "Day After"?
Como o Golpe Aconteceu e o que pode ser feito.

Não é possível compreender o Golpe sem compreender como aqueles Deputados e Senadores foram parar lá no Congresso.  


Quem colocou eles lá?
A resposta é óbvia: o povo e pelo voto direto.
Não são paraquedistas ou extra-terrestres.
Eles infelizmente representam uma parcela considerável da nossa população.


Foram os coxinhas alienados pela mídia que elegeram esses vermes?
Sim foram eles que colocaram seus representantes no parlamento.


Mas da onde vem essa alienação?
Sem dúvida que vem da falta da informação da população.  E também da informação deturpada, da informação falsa.  O PiG é o grande culpado.

No tempo da Ditadura, lia-se aqui no Brasil a revista "Seleções Readers Digest"...
Essa revista que já não faz tanto sucesso, ensinava como o brasileiro devia pensar, agir, consumir e quem devia admirar e a quem odiar.  Quem eram os mocinhos e quem os bandidos.

Textos selecionados, pasteurizados, já previamente digeridos e belamente ilustrados.  Tudo mastigado, para quem estava cansado ou não gostava de pensar. 

Depois inventaram a TV Globo
porque nem ler o povo queria mais. 

Ambos, Seleções e TV Globo, foram produzidos pelos americanos com o fim específico de padronizar o pensamento nacional.  
Talvez por isso, o nome do telejornal: Jornal Nacional.

Nesse enfoque é que dizemos que o Governo PT não impediu a "midiotização" dos brasileiros e acabou sendo vítima disso.

Essa é a história de como os "Vândalos" se tornaram "Coxinhas" após uma lavagem cerebral midiática sem contraponto inteligente. 
E de como esses coxinhas elegeram um Congresso Sem-Vergonha. 
E de como esse Congresso Sem-Vergonha produziu o impeachment de Dilma.  
E de como esse "Golpe" pode acabar com a Democracia.  
E o que deve ser feito para reverter esse "Golpe" que pode anular todas nossas conquistas sociais.

Vamos contar essa história, desde o início:


Nem coxinhas, 
nem mortadelas: 
Somos todos "Vândalos" !
 

A questão não é aplaudir vandalismos. Mas é preciso resgatar o espírito das manifestações de 2013.  Pois naquele tempo a indignação contra a corrupção não era seletiva. Naquela época não existiam coxinhas nem mortadelas, não estávamos divididos ainda. 

Naquela época, por conta dos black-blocs, que eram minoria, fomos chamados de vândalos.

Naquele ano de 2013, depois de uma década de apatia, de desinteresse político, talvez por conta da bonança dos dois governos Lula:
 O Gigante Acordou!
 



Uma diminuição da prosperidade fez ressurgir no povo o ativismo político que estava...
  

"deitado eternamente em berço esplêndido"


FALHA DE COMUNICAÇÃO
Dilma e muita gente não entendeu o momento político que o País estava passando. A Presidenta não se deu conta que a insatisfação generalizada precisava de uma resposta.


Na verdade,  a insatisfação não era contra seu governo: era contra a classe política. 

Prova disso, é que na avaliação da população, o nível de satisfação com o Governo, bateu recorde e atingiu 79%, em março de 2013. 

Uma aprovação e popularidade invejável, ainda maior que o governo Lula obteve nos seus dois mandatos.

A popularidade da presidente Dilma Rousseff não estava nem de longe ameaçada. Não havia críticas ao seu governo nas manifestações.
  Muitas críticas aos Deputados e Senadores, e também a alguns Governadores.  
Nada contra Dilma ou PT!

Considerando o tanto que o Brasil tinha evoluído e avançado, principalmente nas políticas sociais, entendia o Governo que eram injustas as críticas da população. 
Porque estavam eles reclamando de tudo e completamente insatisfeitos???

Na avaliação de Lula:   
O POVO QUER AINDA MAIS  AVANÇOS!
As pessoas querem mais: melhor transporte, melhor saúde, mais salário, querem questionar o custo da Copa do Mundo. Acho que isso é saudável em um pais que vive só pouco mais de 20 e poucos anos de democracia contínua.

Antes dessa declaração de Lula, o PT não havia entendido que os atos não eram contra o Governo Federal.  Não sei como não entenderam antes.  Não havia uma única faixa ou cartaz contra Dilma ou contra o PT.

Caberia ao Governo Dilma e ao PT engrossar o coro e até mesmo encabeçar o movimento, ou pelo menos se solidarizar com ele.
 
Mas fosse essa insatisfação contra seu governo ou não precisava de uma resposta.

Até mesmo o Papa Francisco compreendeu isso quando esteve aqui. E se colocou a favor das manifestações populares de 2013. Estimulou o movimento e o considerou autêntico e benéfico. Disse ser justo que o povo fosse as ruas.

 Fossem elas justas ou injustas, espontâneas ou não, consequência da Crise Mundial ou fabricada pela mídia, precisavam de uma resposta.

Mas ninguém no governo fez nada e nem mesmo disse nada diante das demandas populares.  Talvez tenham (em seu íntimo) pensado em dizer ou fazer muitas coisas, mas nada foi dito ou feito. 
E pior, se algo foi feito, não foi comunicado a população. 

A RESPOSTA ATÉ QUE VEIO, UM BOM PROJETO CONTRA CORRUPÇÃO, ENTREGUE AO CONGRESSO. OUTRO EXCELENTE PROJETO DE REFORMA POLÍTICA, TEVE ATÉ ENCONTROS COM ATIVISTAS E DEPOIS COM BLOGUEIROS, MAS TUDO DEMOROU DEMAIS

Essas respostas tardias, apesar de adequadas as solicitações do povo, pela sua tecnicidade foram incompreendidas.  As pessoas não se sentiram atendidas em suas solicitações.  Outra vez houve falha na comunicação.

Os partidos de oposição esperavam, justamente uma ocasião como essa, falha da comunicação do Governo, para insuflar as massas com o uso de suas Mídias (Tvs, Rádios, Jornais e Revistas).

Devido essa "ausência" de uma clara versão governista para a crise, a poderosa e eficaz mídia, a serviço da oposição, comunicou a sua.

E essa versão unilateral (seletiva) foi depositada nos corações e mentes dos brasileiros.
Principalmente naqueles da Classe Média.
  "a classe média é uma abominação política, porque é fascista, é uma abominação ética porque é violenta, e é uma abominação cognitiva porque é ignorante. Fim"  Marilena Chauí

Estavam criados - assim - os coxinhas (midiotas), os filhotes do PiG, uma deterioração do movimento de 2013.

E é lógico, como eram eles (Mídia PiG) que contavam a história...
Colocaram toda culpa da Crise Econômica Nacional na administração do PT, no Governo Dilma.
Esconderam a Crise Internacional, assim como a imensa queda nos preços da commodities.
 
Com estouro da lava-jato adicionaram a palavra "corrupção" e puseram também na conta do Governo.

De forma reativa, ante a inércia do PT e do Governo contra as falsas informações da Mídia, principalmente da Globo, parte dos ativistas digitais de 2013 (sem partido) se unem a militância do PT e formam uma grande rede de resistência e combate a direita neo-liberal.


Posteriormente essa militância virtual evoluiu e tomou também as ruas:  

Assim Nasceram os Mortadelas!

Agora que você sabe como nasceram os coxinhas e mortadelas. Ambos nasceram dos Vândalos de 2013. E se firmaram nas últimas eleições presidenciais em 2014.
É certo que já havia direitistas e esquerdistas antes disso. Mas estavam meio que adormecidos. Afinal estava tudo muito bom e parecia que as trevas da ditadura e do neo-liberalismo tinham ficado para trás.

Então se você é Petista, Petralha ou Mortadela, você pode e deve se manter na sua posição.

Mas é importante entender que os "vândalos" originais não eram "coxinhas",  até porque foram eles que inventaram esse termo para depreciar os alienados midiotas.

A incompreensão dos movimentos de 2013 causou divisão e impediu (ou pelo menos atrasou) na formação de uma Frente Ampla de Esquerda.
Uma frente só pode ser "ampla" se contemplar mais de 70% da esquerda.

Fora do Eixo, Mídia Ninja, PSOL, PSTU,  Anonimous, Black-blocs, entre outros, foram frequentemente associados a infiltrados pela Cia nos movimentos sociais contra o governo PT. 

Eu sei que havia infiltrados, patrocinados pelos EUA, nessa grande massa heterogênea, como sempre há, mas a grande maioria das pessoas foi se agrupando naturalmente e de modo espontâneo nas redes sociais.



QUEM É CONTRA O POVO DE VERDADE?

Eu acho que o DEM, PSDB e boa fatia do PMDB. Esses sim eu considero que são totalmente contrários ao nosso projeto social.
E mais que isso, conspiradores e traidores, pois são "entreguistas" das riquezas minerais do País.

POR FIM - 2 DIFERENTES NARRATIVAS 
DUAS VERSÕES PARA OS FATOS:
(ESCOLHA A SUA)
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/229447/Monja-Coen-m%C3%ADdia-brasileira-manipula-a-popula%C3%A7%C3%A3o.htm 
DA MÍDIA PiG - DA DIREITA - DOS COXINHAS:
Lula só foi bem porque sucedeu FHC que criou as condições e foi auxiliado por um bom cenário mundial.  Dilma que lhe sucedeu, apesar do bom cenário mundial (não houve crise mundial) não soube administrar a economia e nem conter a corrupção que se iniciou
no governo anterior, com Lula, pois na época de FHC não tinha corrupção.
 
DA MÍDIA ALTERNATIVA - DA ESQUERDA - MORTADELAS
Lula foi bem porque deixou o modelo de FHC para trás, investiu muito no Social.

E criou assim, uma demanda tão grande, que aqueceu a economia de modo vigoroso.  
De modo que o Brasil passou pelo pior da crise sem nem notar que ela existia no resto do Mundo.  Dilma tentou continuar nessa mesma linha, mas a queda do preço das commodities não deixaram que isso acontecesse.  Permitiu investigar a corrupção, sem interferir, mas foram feitas investigações seletivas que só incriminaram o PT.

Escolha a versão que você acredita que seja a correta, mas pense que trabalhador deve votar em trabalhador.


Ou você acha que a elite vai fazer um governo que desfavoreça ela própria???

Dilma errou na comunicação e a Globo soube bem aproveitar dessa sua falha.  Seu governo também teve muitos outros erros.  Mas os governos populares, com todos seus erros, continuam sendo a melhor opção para os pobres e também para classe média.      

NÃO SE ILUDAM!

'Posso ter cometido erros, mas não cometi crimes', afirma Dilma Rousseff após ser afastada da Presidência da República

(VEJA VÍDEO)

Arregacem as mangas e vamos trabalhar para eleger representantes que defendam os direitos do Povo.  Nessa e na próxima eleição precisamos tirar os ratos do poder.
 
Vamos fazer uma desratização geral!

Essa narrativa acima é uma das muitas possíveis sobre o Golpe, na ótica da Mídia e da Comunicação.
Deixei de lado, de propósito, outros aspectos tais como o Brasil dentro do BRICS e o interesse estrangeiro no nosso Petróleo, Petrobrás e Pré-Sal.

Talvez esteja cheia de erros, aqui e acolá, mas continuo achando que o Golpe tem estreita ligação com as falhas na comunicação.  

Entendo que só com um contraponto massivo na comunicação alcançaremos bons resultados.


By Mico-Leão-Dourado
//Luiz Carlos Tollstadius


 #StopCoupinBrazil

LEIA TAMBÉM:  DILMA, PETROBRÁS, GLOBO E A BATALHA DA COMUNICAÇÃO



No cardápio:
Redução do salário mínimo, diminuição de aposentadorias, pensões e outros benefícios previdenciários, desvinculação das receitas orçamentárias obrigatórias para saúde e educação, erosão da proteção trabalhista, entrega do pré-sal e privatização de "tudo o que for possível"...









Continue lendo: Cunha morreu, Temer agoniza, Dilma renasce

Nenhum comentário: