segunda-feira, 9 de maio de 2016

JANOT NÃO É UM MORO DA VIDA!

 15/05/2016 - 21:00 hs
JANOT NÃO É UM MORO DA VIDA!
===============================================================
NÃO ACEITA PALHAÇADA DE GILMAR
E INSISTE QUE STF INVESTIGUE AÉCIO.

===============================================================

 #StopCoupinBrazil
 Encontro entre Aécio Neves e Gilmar Mendes irrita Janot


 O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ficou irritado com o encontro de mais de uma hora entre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, no gabinete do ministro, na véspera de uma decisão de Mendes que beneficiou o tucano. 
No dia seguinte à reunião, o ministro suspendeu o inquérito que investigaria a atuação de Aécio no esquema de propina ligado a Furnas. É o que garante a jornalista Vera Magalhães, em sua coluna eletrônica deste domingo (15) Radar On-Line.


Ainda segundo a coluna, em documento que enviará ao STF

Janot será duro:  

Dirá que o inquérito não pode ser arquivado e que Aécio precisa, sim, ser investigado pela acusação de propina em Furnas.

Na última quinta-feira (12) 

O ministro Gilmar Mendes suspendeu a coleta de provas de uma investigação aberta sobre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) relacionadas a supostas irregularidades na estatal Furnas. 
Na mesma decisão, ele enviou o inquérito de volta ao PGR, Rodrigo Janot, para reavaliação.
Na quarta, o próprio Mendes havia autorizado a abertura do inquérito sobre Aécio, atendendo a pedido de Janot. Ele tem origem nas investigações da Operação Lava Jato e apura a suposta prática de corrupção e lavagem de dinheiro a partir de desvios da estatal, uma das maiores subsidiárias na Eletrobras na produção de energia.

SUPREMO:  PRISÃO PARA OS FUJÕES!
http://micoleaodourado.blogspot.com.br/2016/05/stf-tira-o-cunha-e-nao-vai-ter-golpe.html

Supremo, junto com o PGR Janot e a Polícia Federal, tem planos para evitar uma fuga em massa do País.

Embora não pareça, grande parte da oposição, envolvida com corrupção, está apavorada e planeja fugir correndo do Brasil.

Temer fala em montar ministério, Cunha fala em retornar e assumir a Presidência da Câmara (e se vingar do STF), Aécio diz que pode assumir a Presidencia se STE cancelar eleição, Anastasia é o relator do impeachment de Dilma...  

A lista de políticos acusados de corrupção é longa, e todos eles fazem planos de carreira e dizem que estão muito confortáveis e seguros. E que são inocentes: 
"Não estão, realmente, envolvidos nos escândalos de corrupção." 

Caso o golpe desse certo - e quase deu - ficariam aqui no Brasil dando as cartas na política nacional.
Carimbariam os políticos da esquerda como "corruptos" e escapariam dos seus crimes.

Contando com isso, todo o PiG (Mídia Golpista), grande parte do Judiciário e grande parte da Polícia Federal se associou a esses políticos da oposição e planejou o Golpe.  

No início, após o Mensalão, surgiram vários escândalos e se achava que o pessoal da direita (fora do governo) era muito menos corrupto que o pessoal do PT.  Imaginava-se repetir o sucesso do Mensalão e incriminar todo o PT, e assim assumir o poder.

Com o transcorrer dos escândalos, nas várias investigações, descobriu-se que o PT não era santo, mas estava minimamente envolvido nos crimes de corrupção.  Em muitas desses casos de maracutaia, talvez em sua maioria, sequer estava envolvido.  E isso foi enfraquecendo o apoio do judiciário e da polícia federal. Que por fim...
RESOLVEU DESEMBARCAR DO GOLPE! 

Quando se descortinou o panorama real, de um governo de bandidos que roubariam entre si aqui dentro do Brasil e entregariam o resto para o estrangeiro...  BATEU UM PATRIOTISMO E  DESISTIRAM DA AVENTURA.

Apenas o PIG (leia-se Globo, Band, SBT, Veja...) permanece apoiando o golpe. Afinal estão, junto com Cunha, no Suiçalão.

Com todas as denúncias nas mãos, PGR, STF e Polícia Federal resolveram pular fora. Desistiram de ficar nessa "barca furada", principalmente após o circo que foi a votação do impeachment na Câmara. E começaram, então,  a processar e punir todos os corruptos.  

CUNHA FOI SÓ O PRIMEIRO!  
TODOS SERÃO JULGADOS E PUNIDOS!


Mas entendam bem, militantes do PT e da esquerda, eles não estão do nosso lado, apenas deixaram de apoiar os golpistas.

No caso de  Janot, quando ele encaminha ao Supremo processos contra Lula, Dilma e Gleisi Hoffmann, se ele não está do nosso lado, não está exatamente contra nós. 

http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/2016/05/janot-pede-ao-stf-para-investigar-aecio-cunha-e-edinho-na-lava-jato.htmlJanot também encaminhou denúncias ao Supremo contra políticos da oposição


Cunha, Temer, Aécio, Paulinho, Aluízio, Anastasia, Edison Lobão, Valdir Raupp, Renan Calheiros, Romero Jucá, Jader Barbalho ...


Quanto as denúncias - CONTRA MEMBROS DO PT - encaminhados ao STF, não devemos nos preocupar. Não há provas nelas, são acusações falsas de delatores.  Nos julgamentos no Supremo, não irão adiante, não prosperarão.


 Veja o que diz a Assessoria de Lula:

"A peça apresentada pelo Procurador-Geral da República indica apenas suposições e hipóteses sem qualquer valor de prova. Trata-se de uma antecipação de juízo, ofensiva e inaceitável, com base unicamente na palavra de um criminoso."
 

Do Janot podemos dizer que é demorado (Já Not) porém equilibrado e as Denúncias contra Cunha que motivaram o seu afastamento são prova disso.  

Um dos motivos de sua hesitação e demora, é que o PGR Janot pretendia ser reconduzido ao cargo em agosto do ano passado. Então (as vésperas de sua volta) foi bastante econômico e cuidadoso para não ferir sensibilidades no congresso.

O Circo que virou a Câmara e o Senado vai acabar!
PGR, STF e Polícia Federal resolveram isso.  Tudo vai mudar!

Mas e o Moro???

E o Circo da República do Paraná?
Bom... o Moro é o Moro, é um ponto fora da curva que não está confortável nesse processo e precisa pagar pelo seus erros. 

http://micoleaodourado.blogspot.com.br/2014/12/juiz-moro-caso-lava-jato-impeachment-ja.html


Quem dera Moro fosse como Janot: Familiares de Cunha, mulher e filha, já teriam sido presas, e a irmã de Aécio também.  Mais de 2 meses nas mãos de Moro, e nem intimadas foram.


Mas deixando o Moro de lado, nos últimos 4 anos o Aparelho Judiciário como um todo, ao longo de diversas investigações produzidas pela PF, em diversos escândalos, reuniu farto material.  E usará todo ele, com a cautela necessária.

Assim, não é só o Cunha que tem cartas na manga. O Judiciário também tem muitas.

http://www.viomundo.com.br/politica/trairagem-ameaca-o-golpe-garotinho-diz-que-eduardo-cunha-arma-vinganca-e-que-ministros-do-stf-lhe-devem-favores.html
Por isso que  digo:  
CUNHA NÃO PLANEJA NENHUMA VINGANÇA CONTRA O STF, 
ESTÁ TRAMANDO MESMO É SAIR DO PAÍS!
 

By Mico-Leão-Dourado
//Luiz Carlos Tollstadius


15/05/2016 - 21:00 hs
JANOT NÃO É UM MORO DA VIDA!
===============================================================
NÃO ACEITA PALHAÇADA DE GILMAR
E INSISTE QUE STF INVESTIGUE AÉCIO.

===============================================================

 #StopCoupinBrazil
 Encontro entre Aécio Neves e Gilmar Mendes irrita Janot


 O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ficou irritado com o encontro de mais de uma hora entre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, no gabinete do ministro, na véspera de uma decisão de Mendes que beneficiou o tucano. 
No dia seguinte à reunião, o ministro suspendeu o inquérito que investigaria a atuação de Aécio no esquema de propina ligado a Furnas. É o que garante a jornalista Vera Magalhães, em sua coluna eletrônica deste domingo (15) Radar On-Line.


Ainda segundo a coluna, em documento que enviará ao STF

Janot será duro:  

Dirá que o inquérito não pode ser arquivado e que Aécio precisa, sim, ser investigado pela acusação de propina em Furnas.


Na última quinta-feira (12) 

O ministro Gilmar Mendes suspendeu a coleta de provas de uma investigação aberta sobre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) relacionadas a supostas irregularidades na estatal Furnas. 
Na mesma decisão, ele enviou o inquérito de volta ao PGR, Rodrigo Janot, para reavaliação.
Na quarta, o próprio Mendes havia autorizado a abertura do inquérito sobre Aécio, atendendo a pedido de Janot. Ele tem origem nas investigações da Operação Lava Jato e apura a suposta prática de corrupção e lavagem de dinheiro a partir de desvios da estatal, uma das maiores subsidiárias na Eletrobras na produção de energia.


Nenhum comentário: