quarta-feira, 23 de março de 2016

Moralismo Sem Vergonha da Lava Jato e a PF


É tanta gente na lista da Odebrecht que é mais fácil citar quem não está presente: Lula e Dilma! 

 Em vista disso, de que não há os nomes de Lula e Dilma nas listas da Odebrecht, eu poderia passar agora defender a Lava Jato, mas não farei isso, pois não é uma questão de provas, pois essas se criam, se inventam ou se escondem.  O que está errado nesta operação é sua condução forçada buscando a todo custo incriminar Lula, Dilma e membros do PT.  Qualquer coisa que aponte em outra direção... NÃO VEM AO CASO!

 ======================

Tanto é assim que, como não há o nome deles e a lista está recheada de políticos do PSDB, Sérgio Moro resolveu por sob sigilo a lista e o MP anunciou que não irá aceitar a delação do presidente da Odebrecht. 

Por que o juiz que defende o vazamento de informações resolveu decretar sigilo?



Moralismo Sem Vergonha da Lava Jato e a PF
No tempo em que o ministro da Fazenda do Brasil era o sábio e ilustre  Mario Henrique Simonsen, existia uma grande polêmica por parte da PF sobre investigar e prender todos os dentistas do Brasil.

Existia naquela época (ainda hoje existe) a prática do dentista estabelecer dois preços para os seus serviços: um preço maior para serviços com recibo e um preço menor sem recibo.

A Polícia Federal considerava que a Receita Federal estava sendo fraudada com essa prática.  Mas o sábio ministro disse que não, que para ele pouco importava quem pagaria o imposto, pois no caso dos serviços sem recibo o beneficiário não poderia descontá-los do cálculo do IR devido.  Considerou que o imposto era arrecadado  numa ou noutra declaração.

Parece-me que agora na Lava Jato, na Petrobrás, aconteceu algo semelhante, as comissões ou propinas não interferiram no valor das negociações.  Não houve super-faturamento.  Ao menos não ficou evidente ou demonstrado. Tanto é assim que não foi detectada por um grande número de auditorias internas e externas. As fraudes não influenciaram o resultado nem o crescimento da Empresa Petrobrás nos últimos 20 anos.  Pelo que se sabe, as ilegalidades ocorreram fora da Petrobrás entre terceirizadas, empreiteiras e fornecedores e por isso não negativaram, ou sequer refletiram minimamente nos números.

Está mais que provado que houve corrupção, mas não se provou que essa corrupção atingiu em cheio a Petrobrás.  
A crise financeira da Petrobrás teve outro motivo, totalmente diferente: 
A queda internacional nos preços das commodities. Sobretudo a queda no preço do barril do petróleo "in natura" (óleo cru).

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1313019872048873&set=a.459494697401399.122563.100000226179084&type=3&theater


Alguns pensam que a Lava-Jato é uma arma poderosa contra a corrupção, mas ela está servindo a objetivos políticos, não está lavando a corrupção.  Estão deixando de lado muitas outras operações muito mais criminosas, que realmente deram prejuízo ao País, os escândalos tucanos que querem abafar:
 (Furnas, Trensalão, Metrolão, Merendão, Suiçalão...).  
Estão usando a lava jato como cortina de fumaça!



http://www.sul21.com.br/jornal/brasil-a-democracia-a-beira-do-caos-e-os-perigos-da-desordem-juridica-por-boaventura-de-sousa-santos/
Não faz sentido ultrapassar a constituição, e matar a democracia para defender uma Estatal, criando uma crise, na Estatal e no País, maior que o prejuízo que se tenta combater.

Não cabe levar a democracia à beira do caos ou por em perigo a ordem jurídica!

De modo semelhante, a oposição barra um projeto de lei, que visa anistiar (impostos) e repatriar dinheiro enviado para Contas Secretas no exterior.  O País ganharia mais com a anistia do que com a criminalização da prática.  Não é o caso de ser bonzinho, é ser mais prático do que moralista.  E o pior disso, é que são contra justamente os parlamentares que tem contas no exterior.  É ou não é falso-moralismo???

Todo esse falso-moralismo tucano, tem causado enormes prejuízos a Nação, prejudicado severamente a economia.  O remédio deve matar o vírus, mas de nada serve se mata também o paciente.

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/zeze-perrella-cujo-helicoptero-foi-pego-com-500-kg-de-cocaina-posa-com-cartaz-eu-confio-na-pf/Temos que combater a corrupção sem seletividade e sem destruir as empresas responsáveis pela economia do país.

Não podemos destruir tudo em nome de um moralismo que é mais retórico do que prático. 



Não podemos chamar de justos, santos ou heróis aqueles que de maneira desavergonhada destroem as esperanças do povo brasileiro, servindo aos interesses estrangeiros e de quadrilhas nacionais.


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1156058741071013&set=gm.1720695178201624&type=3&theater  
Fazem vista grossa a todos os crimes da oposição e inventam crimes para os membros do Governo.
Querem acabar com a governabilidade e implantar o caos necessário para desferir a cartada final:  O GOLPE.

A Verdadeira Justiça todos queremos, o combate real e verdadeiro da corrupção também.  Mas essa hipocrisia e cinismo que se diz "justiça" que é apenas pretexto para entregar o Brasil dos brasileiros aos estrangeiros, um Brasil que construímos com tanto esforço... 

Não! Não podemos abrir mão da nossa economia e muito menos da nossa democracia. 

E ambas: economia e democracia estão ameaçadas por um moralismo sem-vergonha, seletivo e partidarizado.

O Combate da corrupção do Brasil, centrando todas as forças e todos os olhares na Lava Jato é como tentar salvar a vida de um paciente com falência em vários órgãos, usando todos os recursos numa unha encravada que ele também tem.

Não se iludam e nem comemorem essa lista da Odebrecht, ela vai passar por um processo, por um filtro, onde muitos nomes serão incluídos e outros retirados, será completamente retorcida até ficar do jeito que o diabo gosta!


By Mico-Leão-Dourado
//Luiz CarlosTollstadius


 Leia Também:

Lava-Jato pega herdeira da Globo e Moema Gramacho (PT) denuncia falso moralismo da oposição



 

Nenhum comentário: